Category Archives: Profoto and the World

Cuba

Viajar e fotografar com crianças

La Habana

Cuba – Uma viagem tem sempre um sabor diferente quando envolve crianças. Às vezes, pelas birras, choros ou algumas limitações, um sabor menos bom. Mas quase sempre um gosto doce.
Em abril fomos a Cuba e “atrelamos” os mais pequenos da família.

O relógio despertou cedo, mas a ansiedade das crianças nem deixou que a hora de acordar chegasse. “Mãe, vamos para a praia?” – “Sim, vamos. Mas primeiro temos que ir apanhar o avião”.

Varadero

À praia só chegamos no dia seguinte. É engraçado ver nos mais pequenos uma energia tamanha e uma excitação ímpar pelas férias que nem uma viagem de mais de 10 horas consegue abalar.
Fato de banho vestido, unhas pintadas, chinelo calçado, toalha ao ombro. Protetor solar e óculos de sol já estão também – bora pisar a areia.


“Corre pai, anda! Olha a piscina”. E sem temer a temperatura da água, dão o primeiro mergulho.
Fomos 18 pessoas nesta viagem – quatro crianças. A alegria no rosto de cada uma delas pela novidade do local, pelos castelos feitos na areia branca, pelo que avistam ao percorrer as ruas da cidade tem o mesmo sabor que o melhor chocolate do mundo a derreter-nos os sentidos.


A descoberta rouba-lhes o sono, traz-lhes ao rosto expressões de espanto e de alegria. E, claro, algumas lágrimas também. Birras não tiram férias, vão sempre connosco.

Viajar com crianças é possível e desejável. É dar-lhes matéria para a vida diferente da que aprendem na escola. É permitir-nos, enquanto adultos, olhar os locais a partir de uma perspetiva diferente também.

(en)

Havana, Cuba

A trip always has a different flavor when it involves children. Sometimes, by tantrums, crying or some limitations, a less good taste. But almost everytime a sweet taste.
In April we went to Cuba and “tied” the little ones of the family. The clock rang early, but the children’s anxiety did not even allow to wiat for the time to wake up.
“Mother, are we going to the beach?” “Yes, we do. But first we have to go and get on the plane. “

Varadero

To the beach we only arrived the next day. It is funny to see in the little ones such an energy and a unique excitement for the vacations that not even a trip of more than 10 hours can shake.
Bathing suit dressed, painted nails, slipper shoes, towel to the shoulder. Sunscreen and sunglasses are there too – just step on the sand.
“Father, come on! Look at the pool. ” And without fearing the temperature of the water, they take the first dive.
We were 18 people on this trip – four kids. The joy in each face for discovering new things, for the castles made in the white sand, for the things they sighted through the streets of the city, melts our senses the same way the best chocolate in the world does.

The discovery robs them of sleep, brings to their faces expressions of amazement and joy. And, of course, some tears too. Tantrums do not take vacations, they always go with us.

Traveling with children is possible and desirable. It’s giving them life matter different from what they learn in school. It is allowing us, as adults, to look at the sites from a different perspective as well.

Posted by profoto studios on blog ”we and the world”.

See more about the history of Cuba here.

Add a comment...

Your email is never published or shared. Required fields are marked *

Menu